data

20

04

2017

20/04/2017

guarda-roupa, Organização

Renovei meu guarda-roupa sem gastar um centavo

por Ana Carolina
Organização

Renovei meu guarda-roupa sem gastar um centavo

por Ana Carolina

Eu tive um professor que sempre usava a expressão “o velho de roupa nova” para se referir a grandes novidades que, na verdade, não passam de algo que já foi feito antes, mas com um olhar diferente. Eu descobri que isso acontece o tempo todo e a sua aplicação mais prática na minha vida aconteceu no fim desse verão. Vou contar como renovei meu guarda-roupa sem gastar um centavo.

Leia mais: Por que meu primeiro armário-cápsula não deu certo?

Vamos começar da minha vontade de ser minimalista e esvaziar meu guarda-roupa de uma vez só. Esta foi uma ilusão momentânea, mais tarde eu descobriria que este estilo de vida é muito mais uma mudança na cabeça do que nos cabides. Ao tentar conquistar o tão esperado armário-cápsula, consegui doar vários sacos de roupas em perfeito estado, mas não consegui ficar apenas com as peças que comporiam meu guarda-roupa naquela estação, muitas foram parar no maleiro porque não tive coragem de desapegar.

Renovei meu guarda-roupa sem gastar um centavo | Blog Divirta-se Organizando

Voltando ao presente, me vi rodeada de roupas e sapatos que eu não queria mais e precisando de uma renovada. Já estava preparando o saco de lixo e o bolso, quando… PLIM! Foi o momento do insight. Desci tudo rapidinho do maleiro e lá estavam várias peças que pareciam novas, algumas eu nem me lembrava porque tinha eliminado.

Renovei meu guarda-roupa sem gastar um centavo | Blog Divirta-se Organizando

Onde eu estava com a cabeça para guardar tudo isso??

O mesmo aconteceu com uma caixa com 5 pares de sapatos. Eu mal me lembrava deles, foram os poucos que eu não tive coragem de desapegar da primeira vez. Trazer estes sapatos à ativa me permitiram eliminar outros 10 pares que estavam na sapateira, ou seja, o saldo ainda foi de menos 5 pares.

Leia mais: Economize espaço com esta forma de guardar sapatilhas e rasteirinhas

Embora desta vez o resultado tenha sido positivo, esse negócio arriscado poderia ter dado muito errado. Imagine se a cada sessão de destralhamento a gente decidisse fazer um depósito e deixar tudo lá até esquecer, isso seria organizar? De fora alguma, é por isso que vou listar as lições que aprendi neste resgate e as regras pra que dê certo, não vá embora sem memorizar cada uma delas.

Regras e lições do depósito

  • Use com moderação, não adianta ter um guarda-roupa inteiro de peças aposentadas.
  • Esta “trapaça” só vale para peças básicas e que nunca chegaram a sair da moda. Quando desci as roupas do maleiro, notei várias coisas que eu nem sei por que guardei.
  • Estas peças não podem ser tratadas como “de emergência”. Se eu não encontrasse uma calça jeans naquele exato momento, teria usado um vestido e todos sairiam vivos.
  • Para cada peça que retornou ao guarda-roupa, uma (ou duas) saiu. Só com essa regra dá pra garantir que um dia eu vou chegar naquele tão sonhado armário-cápsula.
  • Sabe o que aconteceria se eu tivesse doado todas aquelas roupas e sapatos no ano passado? Nada. Simplesmente nunca teria me lembrado delas e seria feliz do mesmo jeito. Talvez até mais feliz.
  • Funcionou dessa vez, mas pode ser que não funcione mais.
Renovei meu guarda-roupa sem gastar um centavo | Blog Divirta-se Organizando

A pilha da esquerda fica, a pilha da direita vai

Algumas calças que ficam são peças de verão, então vão esperar a mudança de estação. Outras estão ganhando uma segunda chance até o fim do inverno e vão embora se não forem usadas várias vezes. Duas delas são sociais e, embora não use muito, não posso comprar uma nova a cada evento que aparecer. Várias das calças que estão indo ainda me servem, mas eu não gosto mais, então não tem por que guardar.

O que eu quero que vocês aprendam aqui é a não se deixar levar pelo apego, eu errei da primeira vez, mas estou corrigindo o erro agora. Na próxima, pretendo reter muito menos peças, mas um passo de cada vez.

E aí? Pronto para a limpeza?

Comments

comments

gostou? compartilhe!

deixe seu comentário apartir do nosso blog

Deixe uma resposta

você também vai gostar de: